A Espiritualidade de Deus

A Espiritualidade de Deus

A ESPIRITUALIDADE DE DEUS


Deus é um ser espiritual, puríssimo e infinito. Por ele ser espírito significa que ele não possui natureza corpórea como os homens, e que não há nele mistura alguma com o que é físico ou material.
É importantíssimo Deus ser um ente espiritual puríssimo. Pois se Deus não fosse um ser espiritual, ele não poderia ser Criador, Infinito, Independente, Imutável, Onipresente, Perfeito.
Uma das características da espiritualidade de Deus é ser Invisível, Imortal e Simples. Ele não somente é invisível, mas também é imperceptível aos nossos sentidos, ao contrário do vento. Os sentidos humanos são incapazes de perceber-lo, a menos que ele se comunique com os seres humanos e se faça perceptível. Ele é imortal. Ele é a origem de todas as coisas e a vida está nele. A vida é essencial em Deus. Se Ele morresse, Ele perderia a sua própria essência. E por simples, queremos dizer sem partes componentes. Isso significa dizer que a essência de Deus é indivisível. A simplicidade é resultado direto do fato de Deus ser um espírito puríssimo e eterno. Tudo o que tem começo e fim é composto, mas Deus é eterno e, por isso, simples, sem partes componentes.
Diante disso, espiritualidade de Deus obriga-nos a curvarmos diante da sua invisibilidade, imortalidade e simplicidade para pedir-lhe clemência, perdão e graça sobre graça, para que continuemos a existir como seres visíveis, mortais e compostos e, portanto, finitos.


O SER DE DEUS E OS SEUS ATRIBUTOS, pp 172-178